Metrô de Bruxelas

Embora a rede seja escassa em alguns pontos, o metrô de Bruxelas faz conexões com a maior parte dos pontos de interesse da cidade.

Apesar de ser um dos metrôs mais modernos da Europa (sua construção começou em 1970), o metrô de Bruxelas, embora seja eficiente, é muito limitado e dá a sensação de ser mais antigo. A cobertura em muitos pontos da cidade deixa muito a desejar.

Linhas

Mapa do metrô de Bruxelas
Mapa do metrô de Bruxelas

Se considera que o Metrô de Bruxelas é composto por 6 linhas diferentes, embora na verdade sejam 4 linhas de metrô e 2 de metrô leve (ou seja, bonde).

Na parte mais central de Bruxelas, todas as linhas vão de dois em dois, por isso podemos dizer que na verdade só há 3 linhas, algo que em muitas ocasiões resulta insuficiente.

  • Linhas 1 e 5: Percorrem Bruxelas de leste a oeste. São interessantes para chegar ao Parque de Bruxelas e ao Palácio do Cinquentenário.
  • Linhas 2 e 6: São linhas circulares. A linha 6 chega até o Brupark, onde está o Atomium e a Mini Europa.
  • Linhas 3 e 4: Percorrem a cidade de norte a sul e são interessantes para ir da estação de trem Gare du Midi até o centro de Bruxelas. 

Horário e frequência

O horário do Metrô de Bruxelas é, de forma aproximada, das 5:00 às 24:00 horas. Aos sábados, domingos e feriados, o metrô começa a operar às 6 da manhã. Algumas linhas, como a 3 e a 4, começam a operar diariamente às 5 da manhã.

A frequência entre os trens varia entre 6 e 10 minutos nos horários mais normais. Até as 6 da manhã e a partir das 11 da noite, a frequência aumenta para 20 minutos. Você deve levar em conta que normalmente é indiferente pegar uma linha ou outra, por isso as frequências se reduzem à metade.

Você pode ver os horários de cada linha no site da sociedade de transportes:

Tarifas

Você encontrará as tarifas de metrô e do resto de transportes na seção: Preços do transporte público em Bruxelas.